• Gabi Bigarelli

Como escolher vinhos para uma adega?


Chegar em casa após uma longa jornada e apreciar um delicioso vinho. Acho que essa é uma das minhas sensações favoritas!

E sei que muitas pessoas compartilham comigo este apreço.

Uma das perguntas que mais recebemos em meus cursos e palestras é: quais vinhos preciso ter em casa para compor uma boa adega?

Bom, essa é uma questão muito ampla e a resposta vai depender totalmente dos objetivos e gostos de cada apreciador.

Para ajudá-lo a ter algumas diretrizes às quais seguir, reuni as informações principais que você precisa saber para começar a armazenar seus vinhos preferidos em sua adega particular.

A adega ideal

Todo o desenvolvimento do vinho, desde o cultivo da vinha, até a criação de um rótulo, exige muito cuidado, dedicação e empenho.

Armazená-lo adequadamente não seria diferente, não é mesmo?

Para amantes mais empenhados do vinho, é provável que já tenham uma adega ou um cantinho especial em casa, dedicado a eles.

Se este não for o seu caso, uma boa notícia: fique tranquilo, não é preciso ter aquelas adegas de revista para garantir a conservação dos rótulos.

O importante é armazenar da forma correta, afinal, não queremos que nenhum dano seja causado à bebida.

Por isso, reuni aqui as diretrizes básicas que qualquer armazenamento de vinho deve seguir:

  • não armazenar seus vinhos perto de eletrodomésticos que emitem calor;

  • não deixar em locais com muita luminosidade;

  • armazenar seus vinhos na posição horizontal, principalmente se a garrafa tiver rolha de cortiça;

  • a temperatura ideal para a conservação de qualquer vinho é entre 14 e 17ºC;

  • para preservação dos vinhos, dê preferência a um lugar escuro, úmido, com baixa temperatura e sem vibrações.

Anotações feitas? Agora que você já sabe como sua adega deve ser, vamos para a parte mais esperada: selecionar os rótulos.



Selecionando os rótulos certos

Entre tantas opções, tipos, preços, às vezes ficamos perdidos na hora de escolher quais valem a pena ter em casa.

Antes de sair comprando qualquer garrafa, é importante pensar sobre qual tipo de apreciador de vinho você é.

E para isso, valem algumas questões:

  • Qual seu consumo mensal?

  • Você costuma receber amigos e família para encontros?

  • Jantares e festas são comuns em sua casa?

  • Você deseja ter bons vinhos de guarda?

Todas essas perguntas ajudam a construir o seu perfil de consumo, que será decisivo no momento de selecionar os rótulos.

Para que fique mais simples, vou dividir em três etapas a escolha das garrafas que irão compor sua adega e você pode avaliar o que funciona melhor para o seu perfil.

1. Escolha por gosto específico

Vinhos tintos

Os tintos são indispensáveis, pois caem bem em todas as ocasiões. Podem ser leves, de médio corpo ou encorpados.

Tenha sempre uma opção Leve para acompanhar petiscos, refeições mais leves ou só para bebericar mesmo. Neste caso, você pode optar pelas uvas: Pinot Noir e Gamay.

Os tintos Médio Corpo, conhecidos por “vinhos gastronômicos” por causa da sua excelente capacidade de harmonização, combinam com uma vasta gama de alimentos, o que os tornam indispensáveis. Se quiser dar um charme a mais para sua adega, escolha o famoso italiano, Chianti.

Algumas uvas que se encaixam aqui são: Cabernet Franc, Carménère, Carignan, Barbera, Grenache, Merlot, Montepulciano, Sangiovese e Zinfandel.

Já os tintos Encorpados são intensos e marcantes. Podem ser apreciados por si só, mas caem perfeitamente com alimentos de sabores igualmente acentuados.

Opte pelas uvas: Cabernet Sauvignon, Malbec, Nebbiolo, Nero d’Avola, Petit Verdot, Pinotage, Syrah, Tempranillo e Touriga Nacional.

Vinhos Brancos

Conhecidos pelo paladar seco e acidez refrescante, harmonizam perfeitamente com saladas, pratos leves e frutos do mar.

Um lembrete muito importante: vinhos brancos, em sua maioria, devem ser apreciados jovens. Por isso, nada de deixar a garrafa fazendo aniversário na sua adega, isso vai inutilizar ou corromper os sabores.

Vinhos Rosé

Um rosé é sempre bem-vindo na adega! Mais leves que os tintos e tão ou quase mais encantadores do que os brancos.

2. Para ocasiões especiais

As ocasiões especiais ficam ainda melhores se comemoradas com um vinho. E se a ideia é celebrar, é primordial que se tenha sempre um espumante esperando para isso.

Nesta seleção podemos incluir uma Cava, Champagne, Lambrusco ou Prosecco.

3. Vinhos para deixar envelhecer

Se você se encaixa no perfil de consumidor que busca e aprecia bons vinhos para guarda, chegou a sua hora!

As orientações principais são: estude as safras antes de escolher, fique de olho na proveniência e, principalmente, observe as condições de guarda de cada garrafa.

Vinhos para guarda têm um sabor único, cheios de notas e histórias. Porém, essas sensações só serão alcançadas se o armazenamento estiver correto.

Portanto, a minha dica é: não compre um vinho de guarda caso você ainda não tenha uma adega.

Esse tipo de vinho necessita de uma temperatura constante para que possam ser guardados por 15, 20 anos ou até mais, dependendo do caso.

Mas saiba que o esforço vale a pena. São vinhos realmente muito especiais.

Personal Sommelière

Montar uma adega diferenciada exige um certo conhecimento por parte dos consumidores.

Muitas vezes, levados por modismos ou impulso, é comum os apreciadores terem inúmeros rótulos sem que isso faça qualquer sentido.

Não adianta guardar vinhos que nunca vamos tomar ou que não agradam ao nosso gosto.

Minha atuação como sommelier está muito além dos restaurantes. Em minha consultoria, ajudo os consumidores apaixonados por vinhos a montarem e organizarem suas adegas domiciliares.

Com um trabalho totalmente personalizado, mostro como aproveitar melhor o espaço físico da adega existente, ajudo a catalogar os rótulos, oriento na compra dos vinhos com fornecedores de confiança, entre muitos outros serviços.

Tudo isso, para que o meu cliente não se prenda a preços e grandes denominações, pois, o que realmente importa é apreciar vinhos que nos fazem felizes e se encaixam no nosso gosto pessoal.

E aí, ficou alguma dúvida sobre como escolher os vinhos para sua adega ou tem interesse em meus serviços?

Entre em contato comigo.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo